Buscar

Perlages, alegrar e brindar AS FESTAS DE FINAL DE ANO!



O consumo de vinhos espumantes por todo o mundo aumenta bastante nos meses de dezembro e janeiro por conta das Festas de Final de Ano. Então, vamos falar um pouco mais sobre essa bebida deliciosa, sedutora e borbulhante, que encanta desde os plebeus até a realeza.


E como acertar na escolha de espumantes ou champanhes? Vamos começar pela rotulagem que designa o nível de açúcar nos vinhos espumantes e que podem variar bastante. As normas Europeias são seguida por todas as vinícolas de qualidade mundo afora, as regras de rotulagem são específicas para indicação do nível de doçura dos vinhos espumantes, e que varia de 0 açúcar por litro até mais de 50 gramas por litro. São elas:


Brut Nature: o nível de açúcar residual do produto final deve ser de 0 a 3 g/l (gramas por litro), de açúcar residual do mosto da uva, não há adição de licor de expedição. Daí a expressão nature/natural, que significa que o açúcar residual presente no vinho espumante é naturalmente fornecido pela própria fruta;


Extra Brut: o espumante pronto deve conter de 3 a 6 g/l de açúcar, geralmente complementado via licor de expedição. Isso significa que se o espumante Extra Brut contiver 3 g/l de açúcar (nível que também é permitido no Brut Nature), mas se o açúcar tiver sido adicionado pelo licor de expedição, o vinho Extra Brut será tão seco quando o Brut Nature, mas não poderá levar esta nomenclatura porque recebeu o licor açúcarado no produto final;


Brut: o espumante final deve conter de 5 a 15 g/l de açúcar, adicionado via licor de expedição;


Extra-Sec: o vinho final deve conter de 15 a 20 g/l de açúcar, adicionado via licor de expedição;


Sec: o produto final deve conter de 21 a 35 g/l de açúcar, geralmente adicionado via licor de expedição;


Demi-Sec: o produto final deve conter de 32 a 50 g/l de açúcar, geralmente adicionado via licor de expedição;


Doux: o produto final deve conter mais de 50 g/l de açúcar, geralmente adicionado via licor de expedição.


- Licor de expedição é uma mistura de vinho base, ou vinho branco seco ou até mesmo conhaque adoçado com açúcar de beterraba na Europa ou vinho base mais açúcar de cana no Novo Mundo.


- Essa regra de rotulagem válida para a União Europeia é seguida em proximidade de valores pelo o resto do mundo na produção de espumantes de qualidade.


As comemorações de final de ano podem ser informais ou formais, mas a certeza é que os espumantes ou champanhes, de acordo com o bolso de cada um, não podem faltar. Então vamos ver outros termos básicos que aparecem regularmente nos rótulos e em fichas técnicas de apresentação dessas bebidas borbulhantes.


Non-vintage: significa “sem indicação de safra”, e não é exatamente um termo de rotulagem porque nos vinhos não safrados simplesmente não há indicação do ano da safra, e isso significa que o vinho espumante foi elaborado a partir de uma assemblage de uvas colhidas em anos distintos, e que podem ter sido ou não misturadas, até que o enólogo chegue à “mistura ideal” que representa o estilo da Casa ou Maison.


Vintage: significa que o vinho espumante foi elaborado a partir de um corte de diversas uvas colhidas de uma única safra específica, considerada excepcional, e indicada no rótulo. E fatalmente são bem mais caros.


Blanc de Blancs: significa que o espumante branco é feito exclusivamente de uvas brancas.


Blanc de Noirs: este termo indica um vinho espumante branco feito exclusivamente da polpa de uvas tintas.


Rosé: indica que o vinho espumante rosé, que pode ser só de uvas tintas ou uma assemblage de brancas e tintas.


Prestige Cuvée: nem sempre é um termo de rotulagem, e designa que o vinho foi considerado o melhor da Casa, e que geralmente é de melhor qualidade e produzido em menor quantidade. Foras destas designações de gramatura de açúcar, de safra ou de assemblage de uvas, temos o Moscatel que é um espumante, que leva unicamente a uva moscatel e é produzido pelo método Asti, que significa que passou por apenas uma fermentação que foi interrompida quando o produto estava com 7,5% de álcool, mantendo-se doce apenas com doçura natural da uva.


Agora é só escolher o seu preferido, e se preparar para as festas.


Lembrando sempre: Se for beber, beba o que é bom e com moderação. Greetings for the season! Merry Christmas and Happy New Year! Joyex Noël et Bonne Année! Feliz Natal e Ótimo 2021!


Por Valéria Florentino Pilon

Formação Publicitária

e Sommelière WSET




0 visualização0 comentário

Siga-nos no Instagram:

Nas mídias
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
@revistaamais

©2020 desenvolvido

por @ra_midia

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon